sábado, 18 de fevereiro de 2012

Meus tecidos I

Depois de cinco longos meses sem passar por aqui, cá estou eu novamente!

Eu realmente espero não levar tanto tempo para voltar, mas não prometerei nada mais daqui para diante... Sempre tão cheia de coisas a fazer e nem sempre tenho o computador à minha disposição, ou quando está, falta conexão... Coisas da vida...

Hoje estou meio que forçada a ficar sentada com a perna direita esticada, por conta de uns pontos que levei no pé. Ontem precisei retirar um material para biópsia, nada sério, mas a médica preferiu investigar a fundo! E põe fundo nisso!! Tanto que deram uns 4 pontos no corte, ui!!!

Então, resolvi atualizar os assuntos por aqui. Vamos lá:



Tecidos
Os desenhos abaixo fazem parte de minha primeira "coleção" de estampas para tecidos para patchwork!! Eu ainda não recebi o material ao vivo e a cores, mas já está lá no site da fábrica:

http://www.dohler.com.br/site/produtos/subcategorias/index/10/59

Quem quiser, pode votar nas estampas e divulgar no Facebook, quanto mais for divulgado, mais logistas vão adquirir e revender, e mais e mais quilteirras e crafteiras poderão comprar e criar coisas lindas com eles!! Assim a cadeia produtiva se completará e eu ficarei feliz, porque poderei criar mais e mais desenhos!! Já deu pra perceber que a ajuda de vocês leitoras é muito importante, não é??

Vamos aos desenhos então, são as estampas com as seguintes referências:

4829


4830


4831



4832

4828


A coleção chama-se "Baltimore & Redwork", por ter sido inspirada nestes dois estilos.
O primeiro, Baltimore, refere-se aos quilts feitos na cidade americana de mesmo nome, capital do estado de Maryland, na costa leste. Esta foi uma região colonizada por alemães, e sua cultura popular influenciou este estilo de quilts.
Os quilts deste estilo, são feitos com aplicação à mão (vira d'agulha), em forma de guirlandas florais, bouquês, ramos nas laterais, etc. Sempre com muitas flores aplicadas.
Eu particularmente sou apaixonada pelo Baltimore!!


Já o Redwork, é um estilo de bordado originário da Inglaterra, mais precisamente da cidade de Kesinton, onde havia uma escola de bordado. Por volta do ano de 1860, surgiu ali este estilo de bordado que encantou as meninas, pois são utilizados apenas pontos de contorno e não de preenchimento, o que torna o trabalho muito mais rápido e fácil, além de não ter que fazer trocas de cores de linha. Neste período o uso da linha vermelha em trabalhos manuais se tornou muito popular, pois até então não havia esta cor em linhas de algodão, porque ainda não haviam conseguido um pigmento para tal finalidade.
Abaixo um exemplo de bordado em Redwork (não é meu este trabalho).

http://fiosefibras.blogspot.com/2009/07/meninas-em-redwork.html


Pensando em unir uma coisa (Baltimore) à outra (Redwork), foi que criei a coleção "Baltimore & Redwork".
Inicialmente criei um padrão com desenhos de Baltimore para serem bordados, o que gerou uma estampa que seria produzida também pela empresa, mas depois decidiram não fazer. Uma grande pena, pois facilitaria muito a vida das mulheres que gostam de bordar, já que o desenho estaria estampado no tecido, eliminando o trabalho de transferir o risco para o tecido.
Então, estes desenhos para bordar deram origem aos desenhos das estampas anteriormente mostradas. Foram ao todo 11 motivos de bordados entre guirlandas, cestinhas, bouques florais, etc.

Num outro momento eu mostro os demais desenhos. Por hoje é isto!
Resta agora esperar o Carnaval acabar e com ele este calor insuportável e aguardar a chegada de meus preciosos paninhos!!!!
Até mais!

Um comentário:

  1. Oi amiga!!!
    Estava passeando pela net e encontrei teu blog, que me encantou!!
    Sou do blogueiras unidas, n° 683,vem me visitar tbém, meu blog está cheinho de graficos e moldes e em breve estou preparando um sorteio de mimos...ah,seja minha seguidora e coloque meu BLOG em sua lista de blog, assim aumentam tuas chances na hora do sorteio!!
    Te aguardo aqui.. bjus
    JANE
    http://artesdajanemarcia.blogspot.com

    ResponderExcluir